Quem não busca a felicidade?
Felicidade
14 de Junho de 2020

Sobre Espiritualidade

Espiritualidade

Conexão com Deus

O espiritualismo é uma doutrina filosófica que admite a existência de Deus, de forças universais e da alma, reconhecendo a existência de Deus e da imortalidade da referida alma; e espiritualidade é uma inclinação do homem na busca de um sentido de conexão com algo maior do que a si próprio, um significado mais tateável de conceitos que transcendem o tangível e óbvio. Não está precisamente ligado à vivência religiosa.

Platão enfatiza a origem divina da alma e afirma que nela estão os arquétipos ou ideias espirituais da natureza eterna. Para ele a alma é o elo entre os mundos terreno e divino – enquanto o homem vibrar seu núcleo espiritual ele nunca perderá sua natureza exterior…

Sócrates, como o maior filósofo da antiguidade, explica que o homem é o que ele é por dentro, “não o corpo, mas o que se serve do corpo, a consciência.” “É o interior que define como usamos nosso corpo. É a mente e o emocional que controlam o corpo.” Acreditava que quando o homem se autoconhecesse poderia melhorar sua vida baseados em valores éticos, conhecendo caminhos entre o bem e o mal – Sócrates acreditava em reencarnação também e na evolução do bem, do íntimo de cada um, até que chegasse o momento em que o ser não precisaria mais voltar a carne, pois já tinha progredido muito seu íntimo através do autoconhecimento.

Para Aristóteles “se a alma é uma substância, não pode ser dependente do corpo, que é uma outra substância, desta vez material, provando-se assim a imortalidade da alma…”

A cada filósofo uma definição, porém todas convergindo para uma evolução pessoal, alma como essência do homem, espírito, mente em total congruência com o divino.

Já a espiritualidade cristã nos estimula a termos  relacionamentos com o próximo, segundo os ensinamentos de Jesus, – sendo o amor, o verdadeiro sentido de evolução espiritual: amor a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Quando dedicamos amor, independentemente das circunstâncias,  ao nosso próximo estamos em verdadeira comunhão com Deus e com seus mandamentos fundamentais.

Mas hoje, entendemos a espiritualidade como um sustentáculo para uma vida saudável e plena, independentemente da crença. A espiritualidade traz qualidade de vida, longevidade, criatividade, generosidade e nos sustenta em momentos de dor, diminuindo os hormônios do medo e da ansiedade, bem como a pressão arterial. Preces, meditações, músicas, caminhadas, leituras, igrejas podem ser um caminho para uma vida mais espiritualizada… O que move o indivíduo a buscar o sagrado?

Cida Montijo – Maio 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *