Quando o seu negócio no mercado está em baixa, será que ter outro em um segmento diversificado seria um caminho lucrativo como empreendedor? Quais as vantagens e desvantagens na diversificação de negócios?

Veja entrevista dada, por Cida Montijo à Revista Gestão e Negócios, mês 04/18 

Pergunta

Tenho um negócio em um setor, mas esse negócio não vai bem. A solução seria abrir outro negócio para ajudar nesse?

São muitas as razões que levam um negócio ao fracasso ou, se não fracasso propriamente dito, ao insucesso e à frustação. Analisar essas questões é de fundamental importância; esse é o primeiro passo. O que aconteceu? Se o negócio veio dando sinais negativos, porque não foram feitas as mudanças necessárias? É um problema de gestão ou um problema de capital? Segundo a Revista EXAME, 7% dos empresários, mesmo vendo que o negócio não avança, não mudam rapidamente sua estratégia. Também a EXAME cita alguns fatores que levam ao insucesso: pessoas/equipe sem qualificação, falta de competitividade, preço, produto de difícil saída, falta de capital,  o modelo de negócio, marketing insuficiente, não ouvir o cliente, lançamento de produto no momento errado, falta de foco, desarmonia entre os sócios e investidores, falta de interesse de investidores, falta de paixão, localização, questões legais, não usar rede de contatos, exaustão… Depois de analisadas as questões é que se pode definir o que fazer. Não se abre outro negócio sem antes identificar as razões do  insucesso  do atual.  Abrir outro negócio, do mesmo segmento sem os devidos estudos é dar um “tiro no próprio pé”, pois seguramente irá incorrer duas vezes no mesmo erro. Antes de tomar qualquer decisão é preciso fazer um estudo mais aprofundado do que levou a empresa ao insucesso e fazer as devidas correções/ajustes. Caso ainda tenha sobrevivido o negócio, faça as mudanças diagnosticadas e avalie posteriormente os resultados.

Pergunta

Por que pode ser vantajoso abrir um outro negócio, em um setor diferente do que no que já atuo? Por que isso pode ser desvantajoso?

Abrir outro negócio em um setor diferente do que se atua pode ser vantajoso se o empresário tomar algumas precauções. Ele entende do negócio em pauta? Tem grande conhecimento do produto/serviço que pretende atuar? É bom em gestão? Se a resposta for negativa, a alternativa é buscar um excelente parceiro, que domine o assunto e fazer-lhe uma boa proposta. Acercar-se de pessoas inteligentes, estratégicas, conhecedoras de determinados nichos, amplia as possibilidades de sucesso.  Hoje em dia, trabalha-se em parceria e com participação no negócio. Esse é um bom modelo. O que é desvantajoso? Fazer um investimento (independente do valor) em algo novo, desconhecido, sem antes fazer uma boa pesquisa de mercado que lhe respalde essa decisão.

Pergunta

Abrir dois negócios no mesmo setor é vantajoso ou desvantajoso?

Abrir um segundo negócio no mesmo segmento só será vantajoso se  o primeiro negócio estiver indo bem, se o modelo de negócio leva a resultados positivos. Se a plataforma estrutural da empresa estiver bem sustentada nos seus quatro pilares: área humana, área financeira, área estratégica e de inovação, a possibilidade de replicar o mesmo modelo garantirá sustentabilidade do negócio. Caso contrário, abrir um segundo negócio sem as devidas cautelas, é arriscar-se demasiado num mercado instável, sendo assim, desvantajoso para o empresário fazer tal investimento.

Pergunta

Para quem deseja ter dois negócios, quais são os cuidados  que o empresário deve ter?

Ter dois negócios ao mesmo tempo é possível,  bem como ter vários. O limitante dessa decisão é o próprio empresário. Existe empresário que é altamente centralizador, não confia nas pessoas, não dá oportunidade de que o outro possa demonstrar suas competências e cresça, não delega, não dá feedback, não valoriza o colaborador… Dentro desse modelo de gestão arcaico, mas ainda muito praticado,  é complexo o desdobramento do tempo para um segundo negócio, já que o primeiro o toma completamente, sem contar na falta de qualidade de vida do empresário e de sua família, o stress e sobretudo a indisponibilidade para buscar novas ideias ou diversificação do próprio negócio. Para se ter dois negócios ou mais, é fundamental ter uma cabeça aberta para fazer uma gestão participativa; neste caso são duas as bases de sustentação: excelente liderança e boa equipe.

Para saber se o negócio é lucrativo, organize o setor financeiro; adquira um bom software e treine uma ou duas pessoas para manuseá-lo em sua totalidade; imprima relatórios para análise e para tomadas de decisões conscientes; trabalhe orientado por um bom planejamento estratégico e orçamentário e não misture finanças pessoais com as empresariais.  Ao final, poderá saber se sua empresa é lucrativa ou não; e se não for, analise seu negócio e se necessário, mude a estratégia, seu modelo de negócio e/ou gestão.

Pergunta

Como se preparar para ter um segundo negócio?

  1. Tenha um primeiro negócio de sucesso;
  2. Se o negócio lhe credencia e é um sucesso, abra um segundo. É assim que se começa uma franquia. Formalize o conhecimento, a gestão, o know-how e venda.

Pergunta

Descreva o passo a passo  para quem deseja ter um segundo negócio em áreas diferentes.

– Pesquise sobre o novo negócio e o mercado

– Defina o investimento que será feito e de onde vem o capital a ser investido (do primeiro negócio, banco?)

– Escreva suas ideias

– Resolva as questões burocráticas, porte da empresa/regime tributário

– Busque parceria que conheça do produto/serviço e dê uma participação

– Tenha boa liderança e equipe bem preparada para delegar e dividir o tempo

– Adquira um bom software financeiro

– Elabore junto à equipe um planejamento estratégico e execute-o

Pergunta

Cite as desvantagens de ter um outro negócio em um setor diferente.

Abrir um negócio sem conhecimento desse novo segmento, sem pesquisa de avaliação do mercado e do produto/serviço são erros iniciais que acarretarão consequências graves ao negócio. As desvantagens são financeiras e pessoais, porque levam à frustração e ao desânimo. Se o negócio não estiver bem estruturado dentro das quatro áreas já mencionadas, o foco do empresário ficará dividido e dois objetivos a serem alcançados é mais difícil do que um.

Pergunta

Quais as vantagens de ter um outro negócio em um setor diferente?

A diversificação de negócios é ideal para um mercado que é instável, volátil e cheio de armadilhas. Colocar todos os ovos num mesmo cesto pode ser arriscado. Então, o lado vantajoso fica claramente expresso: diversificação!

Considerações finais

Embora haja uma subjetividade nessas colocações  é importante ratificar que há também há um olhar experiente, vivenciado em muitas empresas. Ainda hoje, muitas organizações, de porte médio e pequeno, também empresas de cunho familiar, não têm ainda um setor financeiro que lhe dê condições de análise para decisões. Grande parte não sabe se tem lucro ou prejuízo; grande parte mistura as finanças pessoais e empresariais, grande parte é centralizadora, outros tremendamente paternalistas; falta gestão, falta capacidade para montar a equipe… Enfim, há ainda despreparo e um longo caminho para percorrer. O bom disso tudo é que há também  possibilidade de mudança porque há disponibilidade para isso e as ferramentas estão cada dia mais acessíveis a todos. O sucesso depende da construção de um caminho sólido e consciente. Aprender um pouco a cada dia, adquirir e colocar em prática algumas ferramentas tecnológicas e de gestão é fazer a diferença entre seguir ou estagnar-se. Boa sorte!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por apenas

R$ 54,99 Frete Grátis para todo o Brasil

Quantidade:

OU Adquira seu exemplar via Pix: 31 99972 4846 (Aparecida Montijo César) Enviar comprovante via Whatsapp